Como controlar o estoque do restaurante


Controlar o estoque de um restaurante requer ferramentas de auxílio para esta finalidade. Uma delas é a ficha de estoque.

 

Quais os objetivos de uma ficha de estoque?

Uma ficha de estoque, que pode ser física ou parte de um sistema informatizado, serve para controlar a movimentação individual de todos os materiais do estoque, sejam as entradas ou as saídas.

 

8 itens para contar em sua ficha e ajudar a controlar o estoque do seu restaurante:

1 – Código e descrição do produto/material;

2 – Unidade de consumo (kg, m, peça etc);

3 – Estoque mínimo;

4 – Endereço de localização no almoxarifado;

5 – Data do evento de entrada ou saída do produto/material;

6 – Quantidade de entrada, saída e saldo do produto/material;

7 – Valor do custo de entrada, saída e valor do estoque atual;

8 – Valor do custo médio e anual de aquisição do produto/material.

 

Para controlar o estoque de um restaurante, você vai precisar de 4 elementos básicos:

Espaço
Limpeza
Organização
Ordem

 

 

Faça estatísticas da movimentação

 

Crie o hábito de fazer estatísticas mensais ou semanas, de acordo com a necessidade do seu restaurante, sobre a venda dos produtos.

  • Quais produtos vendem mais e qual é a quantidade?
  • Quais produtos vendem menos?
  • Quais os períodos do ano de maior e menor venda?
  • Quais marcas vendem mais e quais vendem menos?
  • Quais pratos saem mais nos finais de semana e quais saem mais nos dias úteis?
  • Existe uma combinação espontânea, ditada pelos clientes, entre prato principal e sobremesa, que sai com maior frequência?

Construa um banco de dados rico em informações que possa ser usado para controlar o estoque do seu restaurante com facilidade e também para a construção de estratégias inteligentes para diminuir custos e aumentar o faturamento, ainda que nos pequenos detalhes.

 

 

Um estoque que gera resultados

 

Saberá controlar de verdade o estoque de um restaurante quem perceber que a gestão deste tipo de negócio requer um investimento alto e, portanto, qualquer iniciativa para evitar gastos excessivos será bem-vinda.

  • Gastar o mínimo possível e transformar todos os investimentos em lucro, essa é a meta!

A organização do estoque se relaciona com a gestão financeira do estabelecimento.  Controlar o estoque de um restaurante é facilitar o dia a dia do trabalho por meio da organização, mas é também e principalmente, um recurso capaz de, no fim das contar, contribuir para o aumento da receita. 

 

 

Estoque ideal e estoque de segurança

 

Controlar o estoque de um restaurante é a garantia de evitar o risco do “não ter” ou anular a possibilidade do “perder”. No caso de alimentos, sobretudo por causa da validade, há dois tipos de estoques:

Estoque ideal: É aquele estoque econômico para a realização das vendas, o que o empresário sabe que tem mais saída e compra normalmente todos os meses aquela quantidade.

Estoque de segurança: Ele é importante por conta da incerteza e funciona como um estoque morto, mas que é um mal necessário, que pode ter saída a qualquer momento, por conta de alguma excepcionalidade.

 

 

10 segredos para controlar o estoque do seu restaurante de verdade

 

1 – Sob o ponto de vista da temperatura, separe os alimentos em três grupos: o seco (vamos detalhar no segundo tópico), o “para congelamento” (0ºC ou menos) e o “para refrigeração” (entre 0ºC e 5ºC);

2 – Os produtos do grupo seco deverão ser guardados em temperatura ambiente, nas seguintes posições de espaço: à distância de 25 cm do chão, 10 cm da parede e 60 cm do teto;

3 – Jamais armazene artigos de limpeza no mesmo ambiente da conservação dos alimentos;

4 – Procure deixar os produtos nas embalagens de fábrica, que geralmente são feitas de plástico ou vidro, pois são materiais apropriados para armazenagem;

5 –  Separe alimentos industrializados (conservas, enlatados etc) dos grãos e cereais;

6 – Identifique todos os produtos com nome, marca, fabricante, data de fabricação e prazo de validade. Na maioria das vezes, essas informações já estarão nas embalagens. No entanto, certifique-se disso.

7 – Se for necessário retirar algum produto de sua embalagem original por conta de algum dano, coloque-o num recipiente com tampa e feche-o.

8 – Empilhe os produtos de forma alinhada, se possível, em fileiras fazendo o desenho de uma cruz ou xis, para facilitar a circulação do ar;

9 – Armazene as embalagens no sentido correto, não coloque os produtos de cabeça para baixo.

10 – A disposição dos produtos deve obedecer a data de fabricação e validade. Quem vence primeiro, sai primeiro.

 

Controlar o estoque do seu restaurante vai garantir o aperfeiçoamento da gestão do seu negócio, além de organizar informações precisas r importantes para a gestão financeira do estabelecimento.

Gostou deste conteúdo e achou que ele foi relevante para aprimorar seus conhecimentos sobre Gestão de Estoque? Se a resposta for sim, baixe agora mesmo o nosso Kit Ferramentas Indispensáveis para Gestão de Restaurantes e conheça outros segredos para aumentar os resultados do seu negócio. 

Comente esse post

Os comentários são de responsabilidade única dos autores